quarta-feira, 26 de novembro de 2014

PMDB ainda não sabe para qual ministério indicar Henrique

henrique pauta
O Jornal de Hoje destaca que não se sabe para qual ministério Henrique seria indicado. É certo que o peemedebista, em que pese ter perdido a eleição e sua indicação para o primeiro escalão do governo federal ser uma espécie de prêmio de consolação, não se mostra receptivo a um ministério de somenos importância, como o Turismo. Segundo o jornalista Claudio Humberto, sondado para a pasta, Henrique torceu o nariz e chegou a considerar ofensa. Afinal, como presidente da Câmara dos Deputados é um político influente em Brasília. A parceria com o governo Dilma Rousseff, em torno de votações importantes neste ano, deveria credenciá-lo a pastas mais essenciais, como Integração Nacional ou Saúde.
Apesar disso, aguarda-se a posição oficial da presidente Dilma Rousseff. O que é certo é que, com a indicação de Henrique para um ministério, o retorno de Garibaldi Filho, atual ministro da previdência demissionário, é tido como inviável, por não se conceber, com raras exceções, dois parentes ocupando ministérios federais. A despeito, até, do que ocorreu no próprio governo Dilma Rousseff, quando Gleise Hofmam ocupou a chefia do gabinete presidencial e o seu marido, Paulo Bernardo, o ministério das Telecomunicações. Entretanto, ambos eram petistas, o partido do governo.
Caso confirme-se a indicação de Henrique para um ministério, o destino de Garibaldi deverá ser mesmo o Senado Federal. E caso Henrique aceite o ministério, comprovará que palavra de político, hoje em dia, é um risco na água. “Vou experimentar um pouco ser político e empresário. Vou fazer um pouco dos dois”, afirmou ele recentemente, jurando de pés juntos que não seria ministro do governo Dilma Rousseff.

Lagoa de Velhos/RN: Seminário final do PNAIC aconteceu nesta terça(25)


Foi realizado na tarde da última terça(25), na Escola Municipal São Sebastião em Lagoa de Velhos, o seminário final do PNAIC(Pacto Nacional pela Alfabetização na idade Certa).
O evento contou com a participação do orientador Anselmo Accioly, da coordenadora  Vitória Carlos e dos Alfabetizadores Anailde, Lucileide, Cleonice, Marineide, Marcones, Gilderlane e Lourdes.
Estiveram presentes também o Secretário de Educação Marcos Costa, a Coordenadora geral Andréa Simone, o Coordenador pedagógico Luciano Enedino, a Diretora Joelma Mafra, a vice-prefeita Elíria Souza e a representante dos pais Jailsa Barreto.
A equipe agradece a participação de todos os convidados e envolvidos neste encontro que foi realizado com muito ÊXITO, são trabalhos assim que fazem a diferença.










Lagoa de Velhos/RN: Equipe da saúde realiza "Manhã Azul"

Em comemoração ao Novembro Azul, mês mundial de combate ao câncer de próstata, as equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) e Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) promoveram uma manhã dedicada à saúde do homem. O evento foi realizado nesta quarta-feira, 26, na Câmara de Vereadores de Lagoa de Velhos.
Mais de 40 homens participaram da “Manhã Azul” que contou com alongamento, ginástica laboral, avaliações fonoaudiológica e nutricional, além de palestra sobre o câncer de próstata, sintomas, fatores de risco e tratamento.
De acordo com a enfermeira da ESF, Tatiana Nagano, a Secretaria Municipal de Saúde vai promover no dia 17 de dezembro um mutirão de PSA, um dos exames que detecta alteração na próstata. “O PSA não detecta sozinho o câncer de próstata, mas já é um primeiro passo para aproximarmos esse público dos serviços de saúde”, destacou. 



















Lagoa de Velhos/RN: Prefeitura disponibiliza cursos profissionalizantes gratuitos para a população



A Prefeitura Municipal de Lagoa de Velhos, através da Secretaria de Assistência Social, está oferecendo gratuitamente cinco cursos profissionalizantes, quatro deles são pelo Programa Pronatec Mulheres Mil, que são eles: Agente de alimentação escolar, Auxiliar de biblioteca, Auxiliar de secretaria escolar e Salgadeira, todos estes exclusivos para mulheres e ministrados pela EAJ (Escola Agrícola de Jundiaí), com duração de 220 horas.
Outro curso que também está disponível é o de Operador de Micro, este para toda população lagoense e com duração de 160 horas.
Todos os cinco cursos terão início no dia 05 de dezembro próximo e as inscrições estarão disponíveis até o dia 28 de Novembro, na Secretaria Municipal de Assistência Social. 

Henrique Alves será indicado pelo PMDB para integrar o segundo mandato de Dilma

65I56I33W4UWU
Não adianta mais o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), derrotado para o governo do Estado na última eleição, afirmar que irá passar os próximos quatro anos dedicando-se ao exercício do empresariado, conforme afirmou recentemente. Em discussão a portas fechadas, o vice-presidente da República, Michel Temer, o presidente do Senado, Renan Calheiros, e o futuro presidente da Câmara, Eduardo Cunha, fecharam a lista de indicações de ministeriáveis do PMDB para o próximo mandato da presidente Dilma Rousseff (PT).

Ao todo, o PMDB deverá ser contemplado com seis ministérios. Segundo informações veiculadas esta manhã pela imprensa nacional, Michel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha se acertaram, num encontro que tiveram a três, acerca da divisão dos ministérios que cabem ao PMDB da Câmara e do Senado. “Ficou acordado que Eduardo Cunha, por exemplo, indicará o nome de Henrique Eduardo Alves. Temer quer fazer Eliseu Padilha ministro também. O PMDB do Senado ficaria, além da vaga já certa para Kátia Abreu, com as indicações de Eunício Oliveira e Eduardo Braga”, destaca o jornalista Lauro Jardim, da revista Veja.

Não se sabe, porém, para qual ministério Henrique seria indicado. É certo que o peemedebista, em que pese ter perdido a eleição e sua indicação para o primeiro escalão do governo federal ser uma espécie de prêmio de consolação, não se mostra receptivo a um ministério de somenos importância, como o Turismo. Segundo o jornalista Claudio Humberto, sondado para a pasta, Henrique torceu o nariz e chegou a considerar ofensa. Afinal, como presidente da Câmara dos Deputados é um político influente em Brasília. A parceria com o governo Dilma Rousseff, em torno de votações importantes neste ano, deveria credenciá-lo a pastas mais essenciais, como Integração Nacional ou Saúde.

Apesar disso, aguarda-se a posição oficial da presidente Dilma Rousseff. O que é certo é que, com a indicação de Henrique para um ministério, o retorno de Garibaldi Filho, atual ministro da previdência demissionário, é tido como inviável, por não se conceber, com raras exceções, dois parentes ocupando ministérios federais. A despeito, até, do que ocorreu no próprio governo Dilma Rousseff, quando Gleise Hofmam ocupou a chefia do gabinete presidencial e o seu marido, Paulo Bernardo, o ministério das Telecomunicações. Entretanto, ambos eram petistas, o partido do governo.

Caso confirme-se a indicação de Henrique para um ministério, o destino de Garibaldi deverá ser mesmo o Senado Federal. E caso Henrique aceite o ministério, comprovará que palavra de político, hoje em dia, é um risco na água. “Vou experimentar um pouco ser político e empresário. Vou fazer um pouco dos dois”, afirmou ele recentemente, jurando de pés juntos que não seria ministro do governo Dilma Rousseff.

Jornal de Hoje